quinta-feira, 30 de abril de 2009

Media dor

Para Thiago Andrade
e Samuel Portela

Não tenho gravatas
e não falo bonito
mas ando procurando
causas
para minhas testemunhas.



Ígor Andrade

_____________________________________________________________________

5 comentários:

glória disse...

tua poesia é uma suave mestiçagem, diz dos lugares lá de dentro, quase inacessíveis e das infindáveis necessidades de mediação da "dor" de cada dia. bj

nina rizzi disse...

eu odeio gravatas. e assim, des-nudo de inutilidades, fica lindo visse ;)

PAULO MIRANDA (A Folha) disse...

Somos todos culpados
Até que nos digam o contrário.
Somos todos inocentes, até que nos achemos culpados.
Mas será que somos assim tão dementes? rsrsrs...

poetrilhas disse...

E nem Bravatas
Tens
Contentes dentes
Sorriem em tuas Causas.

Tostemos as Múmias.

Risanhamente,

Simple Me disse...

Em poucas palavras tu descreve tanta coisa...
NEsse caso, nem a OAB talvez te ajude! rs
Beijos!