sábado, 27 de dezembro de 2008

O que renasce

Claro como o tempo
numa tela de flores.

Mais que um olho.
Lugares.

Mais que olhares.
Amores.

E mais que tudo... tudo...

Um mundo
proibido e profundo
que outros não conseguem merecer
nem ter, nem ver.
Admirar é aprender esperar, é numa lágrima soluçar, e te ler.




Ígor Andrade

__________________________________________________________________

7 comentários:

Cosmunicando disse...

lindo, Ígor!

Lou disse...

Que as possibilidades de leituras renasçam a cada olhar! Abçs

Déa Paulino disse...

Mil vezes lindo...
Você tem O DOM!
Um beijo.

Pan y vino disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
compulsão diária disse...

Claro, aqui renasce a poesia sempre.
a cada poema entro na perspectiva de sua escrita limpa

Pavitra disse...


mais que tudo, tudo!

ainda bem que vim aqui "te ler".

beijos!

pq p&b? disse...

De onde vc tirou esse olho?!
:/