segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Diferente

Raiar do sol
em terra quente
e cabeça fria
chovia.

Vou dormir, de mim ausente
para que todo mal inocente
desapareça... nas gotas
descendentes da nostalgia.


Ígor Andrade

__________________________________________________________________

2 comentários:

Anônimo disse...

Olha quemmmm ta aqui?
haha voltei com tudoooo
Nossa que saudadeee daquiiiii
Acabei de postar te esperooo laaaa
Me dah um tepinho só pra organizar as coisas
;)

Patrícia Lage disse...

Quem sabe o sonho?

Poema lindo...
Meu beijo.