domingo, 16 de maio de 2010

Poema abissal

Que importa esta janela?

A rua
a madrugada
e o horizonte
sem fim.

- O que eu enxergo é vertical.



Ígor Andrade

___________________________________________________________________

3 comentários:

Fabio Rocha disse...

nossa, ficou demais! o poema do beco de Bandeira me influcneciou recentemente em alguma poesia tb... abs

HSLO disse...

Bravo!

abraços


Hugo

Ígor Andrade disse...

Bandeira me inspirou muitos poemas, Fabão.