quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Alive

Lá vem o dia
anedonia
o que eu quero hoje
ontem não queria.

Aí está a graça
de amanhecer
e amolecer
uma madrugada dura.



Ígor Andrade

_________________________________________________________________

Um comentário:

Mai disse...

Antiteses convivendo em harminia.

gostei muito do poema.

abraços,
Igor