quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Recorrendo ao onírico

Tenho sonhado
constantemente
com um tigre branco
atacando as pessoas.

Talvez seja eu
personificando
um ódio qualquer
de sobrevivência
preso
em minhas linhas
largas e negras
imaginárias.



Ígor Andrade



____________________________________________________________________

8 comentários:

Fabio Rocha disse...

Recomendo rever "O último samurai", meu irmão. Abração

Ígor Andrade disse...

Por que, meu brother?

Natália Nunes disse...

mas acho que... se é se é ódio, não é para sobrevivência. ódio não é instintivo. ódio é civilizatório.

mas, agressividade é. raiva é.
tão vai lá e morde.

Ígor Andrade disse...

É ódio mesmo, "muié"! rs

Caio Rudá disse...

Enquanto só se resumir às listras negras, está tudo ok.

Celso Andrade disse...

Muito legal, parabéns pelas belas palavras.

Abraço

Daniel Senos disse...

Ah, os sonhos e os nossos desejos...
Abraço!

http://montanhavazia.zip.net

Cosmunicando disse...

uau!