sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

O mundo era uma imagem

Não olho mais
meus retratos antigos.
Tenho uma impressão
que todos aqueles sorrisos
não eram meus.

Eu me vejo
mais estranho do que pareço
e não esqueço
toda aquela inconstância
do ser que eu era
para o que deveria ser.

Não olho mais
meus retratos antigos.
Eles parecem reprovar
tudo que deixo de fazer
hoje em dia.

Eu estou ficando mais jovem.
Velho eu era quando pequeno
era sábio e muito mais sereno
e acreditava numa vida melhor.



Ígor Andrade

___________________________________________________________________

3 comentários:

Fabio Rocha disse...

Nossa, esse me tocou. Me identifiquei muito. Abração

Aurea Nunes disse...

Bom dia, Igor! Aplausos!

Adorei passar por aqui.

bjs

Juliana Paez disse...

Olá Igor!!!

O mundo muda de acordo com nossas experiências, mas nossos olhos sempre estão sujeitos a ver o que de mais belo existe nesta vida.
Basta querermos acreditar nesta vida melhor!!!

Bjo grande da JU