quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Armila

Meu pensamento
cruza este infinito entre nós
e é tão pouco.

De longe
você parece mais perto
de certo, hoje, te encontrei em mim.



Ígor Andrade

_____________________________________________________________________

4 comentários:

Cris de Souza disse...

A mercê do pensamento, que sempre escapa e te relê.

Renata disse...

Ígor...

Você anda tão inspirado... :)

Pena que não temos ninguém para escrever para nós mesmos...
Quem não gostaria destas tuas palavras?

Cosmunicando disse...

que arraso de poema, hein...

:)

Camilla Andrade disse...

O encontro, se faz presente no ontem,hj e no amanhã...
O q se encontra, nunca se dissipa...
O q faz vida, mantém, contém...e nunca abstém....
Não pode ser eterno enquanto durar. Tem de permanecer, p/ q ser imortal.


Ehhhhhhhh POETA.