domingo, 5 de setembro de 2010

Era errada

Mergulho numa quase dor
de um quase dia
que quase acordei.

Estou tão próximo de entender
que estar próximo não é ser pleno.
(Que Strauss me ajude com seu piano.)

Já é noite
quase
e já sei o que esperar.

É como se eu
não esperasse
por quase ninguém.



Ígor Andrade

_________________________________________________________________

3 comentários:

Marliborges disse...

Olá Ígor!
Certíssima a "Era errada"! Parabéns, gostei. Muito. Bjssss

Lara Amaral disse...

Foi fundo, caro poeta! Grande poema.

Beijo.

Luiz Guilherme Libório Alves disse...

O seu melhor poema, ígor.
Já li várias vezes, e sei que vou ler outras tantas.

Simplesmente é por escritos assim que chamamos alguém de poeta.

Abração.