terça-feira, 14 de setembro de 2010

E se eu ficar cego?

Minha história
circula insatisfeita...
Nesta madrugada que
me parece tão suspeita.

(Procuro e procuro
e nada.
Apenas estou
entre o juízo do escudo
e a loucura da espada.)

Minha história
circula insatisfeita...
E todo o corpo já morto
que é meu
não deita.



Ígor Andrade

_________________________________________________________________

4 comentários:

Ju Fuzetto disse...

O que cessa não dorme!!!

beijo

Sueli de Souza disse...

Adorei, parabéns! :)

Nadine Granad disse...

... e a mente não para!...
Fica cego, mas há outros trilhões de sentidos...

Beijos =)

Lara Amaral disse...

Parece o circundar das minhas.

Muito bom!

Beijo.