terça-feira, 15 de novembro de 2011

Dileção

O poeta
é a seta
que aponta pro peito.



Ígor Andrade

__________________________________________________________________

2 comentários:

Talita Prates disse...

o peito
do poeta
é o alvo da seta.

Muito bom, sobrinho de Drummond.

Beijo,

Talita.

Natália Campos disse...

Melhor, impossível!