sábado, 24 de setembro de 2011

Lenitivo

Invento uma madrugada
só pra dizer que é minha
e ainda assim a perco
pro sentido das coisas
que não me pertencem.

As coisas me vencem
não pelo cansaço
mas porque são coisas
que não merecem sentidos.

Tenho sentido falta
daquele tempo em que
tudo era resolvido
quando trocava a lição de casa
por desenhos com dinossauros.



Ígor Andrade

_________________________________________________________________

Um comentário:

Luiz Libório Alves disse...

"Invento uma madrugada
só pra dizer que é minha
e ainda assim a perco"

É como jogar sozinho e perder. E ganhar.