quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

A moça

Vestida de mundo
de tempo e de vento
nua em pensamento.


Ígor Andrade

____________________________________________________________________

13 comentários:

Philip Rangel disse...

Fala Igor....é um prazer esta aqui em seu mundo...e descobrir seus textos cara.....
parabens mesmo.....
to conferindo tudo aqui...

abraços

Lou disse...

Assim como o seu poema, alguns pensamentos são ainda mais belos quando despidos de suas vestes.

Abraços,
Lou

Tata disse...

Uau!!

Meu querido...de longe o melhor seu!

Maravilhoso!
bjinhos

Clarinha disse...

Puxa! Me vi no seu poema, tamanha identifcação. Possso reproduzi-lo, citando a fonte?


Um abração meu!

Pequena Poetiza disse...

despir-se
cultivo essa idéia que num primeiro olhar nos parece tão difícil

Van disse...

Que lindo!!!!!
Vestida de vento......... Lindo!
Pena que o vendo sempre está de passagem.........

Saudades, poeta.
Vê se não me esquece.

Beijucas

Philip Rangel disse...

Saudações, primeiramente venho agradecer a participação ao debate no Entrando Numa Fria, saiba que sua presença é muito importante por lá.

no Igor...vlw mesmo.....
como eu disse sao pequenos versos mas que traz um grande porque...

abraços brother....

Miguel Barroso disse...

moça-vida...


Abraços d´ASSIMETRIA DO PERFEITO

Geraldo Brito / Dado disse...

"nua em pensamento..."
Sincero!

Cosmunicando disse...

beleza, Ígor!

Fernanda Cozendey disse...

gente, que ótimo aqui *-*

Van disse...

Oi, amore.....
Tem indicação pra ti lá no VAN FILOSOFIA!
Passa lá pra ver o que é!
;)
Espero que goste. Foi de coração.
Beijucas

Mônica. disse...

Tantas moças se viram despidas nesse poema.
Tão bonito.
Abraço. :)