terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Mediterrâneo

Um domingo nebuloso
da janela pra fora
guerra pela paz, faz
chora a chuva agora.

Meu domingo ocioso
da janela pra dentro
paz pela guerra, erra
perde-se o fundamento.

O domingo é passado
o domingo é pesado
sem bandeira branca
em qualquer algo pensado.

Eu queria pacificar as palavras
eu queria vida além do papel.
Enquanto as cruzes se lavram
o povo quer morte em Israel.



Ígor Andrade

__________________________________________________________________

Um comentário:

Cosmunicando disse...

clap, clap, clap...

muito bom, Ígor!