segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Ponderando perdas

Nas ruínas das unhas
refaço meu tempo
recrio raízes
em partes que já não são mais minhas.
Esqueço de tudo
enquanto
lembro de tudo.
As únicas coisas
que vão
e vêm
são pensamentos.


Ígor Andrade

___________________________________________________________________

6 comentários:

Patrícia Lage disse...

Eu tbm refaço minhas raízes nas unhas e à unha... Trabalho manual.

Tá escrevendo horrores, nobre amigo.
Saudades daqui.

Meu beijo.

Van disse...

Ao menos esses.....
Porque pior é que tanta coisa vai e não vem....

Saudades.
Beijucas

Profº. Eric Frantto disse...

Sempre inspirado, héin, niego?
Muito bom, mesmo, irmãozinho.
A turma aqui sempre elogia minhas poesias de duas páginas, ou mesmo as de 7 frases, mas admito que já usei uma tua moleque, a pessoa logo perguntou: "Quem é esse Igor?"

Grande abraço, e vê se aparece lá no meu espaço, né?!

Profº. Eric Frantto disse...

Na verdade, foi só uma metáfora pra elogiar a poesia. Fique na tranquilidade!
Grande abraço!

Favoretto, Thais. disse...

os pensamentos até podem ir e vir, mas esperam a menor das oportunidades pra voltar e te atormentar um pouco mais.
beeijos. ;*

Fernando Rozano disse...

eles,os pensamentos, nunca nos abandonam...excelente, amigo. meu abraço.