quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Na teimosia

De tudo o que foi
e o que vai ser
esquecer
o que é

fico só (ou)
com você
se quiser.


Ígor Andrade

_____________________________________________________________________

3 comentários:

Tata disse...

Oi,

Que ela lembre do que foi, e do que irá ser, se te deixar sozinho....não era pra ser!Uma burra ela há de ser!

Déa Paulino disse...

E meu amigo poeta não perde o poder de síntese. É sempre bom te ler!
Beijos!

Patrícia Lage disse...

Ah, o querer...

Todo abraço.