sexta-feira, 30 de abril de 2010

Retiro

Noite sem dormir
manhã sem querer
acordar: mau humor.

Preciso deixar mamãe no cursilho
fim de semana de retiro
e eu me retiro
do sonho matinal
para uma boa ação.

(Mamãe disse que mais tarde, fará pra mim uma oração. Estou com sono, e pareço não ter coração.)

Quanto mais ela fala
mais eu me calo.
Tento mostrar bravamente
que sou ouvidos
sem olhos.

Carrego no colo
rosas brancas
para enfeitar os pés de Nossa Senhora
(e continuo ateu).

Mamãe diz que me ama
sempre que passa dois dias
fora de casa.

(Se religião for isso
deixa ela acreditar
em qualquer coisa
porque em mim é difícil.)



Ígor Andrade

___________________________________________________________________

3 comentários:

Ju Fuzetto disse...

Acreditar pode ser um começo!!!

abraço amigo, bom final de semana

Lara Amaral disse...

Nossa, entendo.

Beijo.

Raquel de Carvalho disse...

Oiee! Gostei muito do Blog, vou seguir!!!
É... temos que acreditar sempre em alguma coisa!
Gostei do texto!
Bjs