terça-feira, 13 de abril de 2010

04

O que é minha poesia sem seus olhos?
O que minha poesia grita no silêncio?
O que é poesia sem seus sentidos?
Minha poesia é você?



Ígor Andrade

_____________________________________________________________________

2 comentários:

HSLO disse...

Bonito o ser poeta que é você.


abraços
de luz e paz.


Hugo

Renata Bezerra disse...

Eu diria...
"Minha poesia sem você é muda.
E nem poesia é. É texto jornalístico."


Abraço, Ígor.