domingo, 15 de junho de 2008

Vagante

Mais que um homem

sou um móvel no meio da casa.
Menos que tudo isso
ainda homem, um ser sem graça.


Ígor Andrade

____________________________________________________________________

4 comentários:

Chana de Moura disse...

algumas sacadas bem bacanas em teu blog.
legal!

FINA FLOR disse...

ah, não diga isso!!! rsrsr*

duvideodó que seja sem graça, mas valeu a rima, rs*

beijos, querido

MM.

Van disse...

Um móvel?
Sem graça?
Sei.... Sei....

blurred disse...

adoro...