quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Meio quinta-feira

Numa tarde chuvosa
com meu espírito nublado
pratico a paciência
com semelhantes que não
se parecem comigo.

Numa tarde como esta
não enxergo perigo
muito menos a luxúria
mas sinto pena
de nós
que não somos a tarde.



Ígor Andrade

_________________________________________________________________

6 comentários:

Marcelino disse...

Incrivelmente chove bastante nesta tarde de quinta aqui em São Luís, em pleno mês de outubro, ainda longe do inverno.

Ígor Andrade disse...

Hoje e aqui desconheço meu ser e minha cidade.

Adriana Karnal disse...

Igor,
li e reli. é profundo demais ser a tarde, a gente não aguentaria.

Ígor Andrade disse...

Por isso sinto pena, Adriana.
Abraço!

Ingrid disse...

tardes de conhecer..
ver e sentir..
belíssmos versos!
beijo.

Ígor Andrade disse...

Valeu, Ingrid. Abraço!