quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Faz sol na rua

Faz sol na rua.

Mas chove aqui dentro.
O céu, meu teto
e o vento.
Eu tento.
E a lembrança nua e crua.

Vejo o cinza
e o que precede
a tempestade.
Melhor idade
maior saudade.

Todo problema que é meu
eu posso resolver
independente do clima.

Olho pra fora
e está tudo claro.

Faz sol na rua.



Ígor Andrade

___________________________________________________________________

2 comentários:

Camilla Andrade disse...

O sol, q ilumina a rua;faz brotar um arco-íris, dentro de mim..


Lindo isso, POETA.....parabéns SEMPRE.

Fernando Rozano disse...

teu poema, Igor, é sol o tempo todo, dentro e fora. a chuva é apenas um detalhe. meu abraço.