quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Entre asas

Se fosse um pássaro
no dia em que estou
andaria.
Como sou homem
vôo baixo.
E nem canto.


Ígor Andrade

_____________________________________________________________________

7 comentários:

Carolina Pires disse...

Meu deus, sinceramente o teu melhor poema, na minha opinião.
maravilhoso mesmo, nossa fiquei sem palavras.

Eternamente grata pelas visitas e paciência para ler meus textos. Obrigada mesmo.

Beijos.

Miranda Priestly disse...

lindo trecho...
voe livre...

Bruno disse...

sempre bom!

Cláudia I. Vetter disse...

bonito.

mundo azul disse...

...bonito!!! Apesar de sentir um tanto de melancolia nos seus versos...


Beijos de luz e o meu carinho!!!

Julia disse...

Eu cantaria..Só não sei o que.

blurred disse...

Um triste e EXCELENTE poema!
Amei :)