sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Condição de sentido

No estado em que me encontro
não encontro.
Estar é sobretudo ser.
Em mim
sinto falta também de ti.
Neste momento
não sou, e estou
completo de dor
perdido num tempo
e vazio.


Ígor Andrade

___________________________________________________________________

16 comentários:

*Carol Porne* disse...

Precisamos de nós mesmos para fazer sentido...e muitas vezes nos perdemos e ficamos sem rumo. Você conseguiu expressar essa sensação belamente, gostei demais!

Beijos e bom fim de semana...!

Ju disse...

o que se encontra nos desencontros? feliz daqueles que acham a poesia!!
beijos, querido!

Miranda Priestly disse...

me encontro assim.

Patrícia Lage disse...

Eu tenhho instantes assim, em que o que mais me falta sou eu pra mim, exclusivamente.

Belos versos...
Meu beijo.

' arcano disse...

É muito bom ler voce :]

Luca Souza disse...

É beat mesmo. Fiz uma feliz comparação ao meu ver. com sua linguagem e a poesia beat. Sou amante da literatura beat.
Sua poesia não tem planificações nem estruturas convencionais por assim dizer... é encantadora! Parabéns.

http://baufragmentado.blogspot.com/

Déa Paulino disse...

Talvez a incompletude seja nosso estado natural, por isso precisamos buscar sempre mais.
Um beijo!

Julia disse...

IDEM!

Romulo Tondo disse...

Tchê! Nunca fui bom com o "Eu-lírico", sempre gostei de poesia!
Porém... não consigo escrever nenhuma delas, talvez não vive, só aprendi.
Então só me basta apreciar.

Vinícius Muniz disse...

como sempre, impecáveis os poemas! me identifico com todos.

um abraço,

www._estacoes.blogger.com.br

Vinícius Muniz disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Fernando Rozano disse...

como somo inconclusos, estaremos sempr entre o ser e o estar. abraço, Ígor.

vimaguin disse...

...até que não aprendamos a conviver com a solitude do ser, deixamos então que a solidão nos guie por caminhos da busca de não sei o quê...amei aqui...voltarei mais vezes, se o dono deixar, é claro...rss...bjs

mundo azul disse...

...bonito e melancólico!


Beijos de luz e o meu carinho, querido poeta!

Vinícius Muniz disse...

te favoritei lá no meu blog oficial... o www._estacoes.blogger.com.br ok?! abraço.

blurred disse...

"Estar é sobretudo ser." - acontece me tantas vezes... Não te deixes levar por esse vazio *