domingo, 13 de dezembro de 2009

ContemplaDOR

Observar o nada
e aprender
a perder
qualquer tudo
que nunca tive
nesta manhã
de poesia quieta
e saudade falante.



Ígor Andrade

___________________________________________________________________

2 comentários:

Cosmunicando disse...

nesta manhã de ressaca, a tua poesia é o melhor café :))
abração, poeta!

Beth Cerquinho disse...

Adorei seu blog e seus poemas..parabéns...estou te seguindo.
Abraço e uma mega semana.