terça-feira, 30 de setembro de 2008

Depois de ontem

Para um dia curto
toda a minha solidez.
Uma tarde larga
e talvez
a conversa amarga
vinda do doce surto
na falta
que sozinha
se fez.


Ígor Andrade

__________________________________________________________________

11 comentários:

Tata disse...

Oie,
No que se fez a falta neste dia curto, pense em preencher amanhã em dia longo, com sol se pondo e uma noite estrelada a camiho de algo que se fez de falta para se fazer " novo " .


bjinho

Tata disse...

Oi,

O que mais gosto nos seus poemas é que eles me fazem querer continuá-los, fico divagando, tentando achar as razões que fizeram vc escrever... essas coisas....
E sim, vc sempre me faz pensar
é por isso que sempre volto aqui!
Adoro seu blog por isso, é inteligente!
bjinho

Vivian disse...

...em alguns blogs eu vejo Clarice Lispector, aqui ví Edgar Allan Poe...isso é mágico...é lindo, porque o que é bom merece continuação de alguma maneira...

parabéns pela sensibilidade...

muahhhhhhh

Carolina Pires disse...

sinto pela ausência, desculpa.
perfeição como sempre.
beijos

Fernando Rozano disse...

a esencialidade torna a tua poesia cada vez mais densa e rica. meu abraço.

isabelle dias ~ disse...

Poemas mais gostosos que acabei de ler...
Parabéns!

Ps: Gostei muito daqui...
Posso tomar a liberdade de voltar sempre? rs

Bom fim de semana :*

Camilla disse...

Gosto de poesias porque quase sempre elas expressam a nossa verdadeira essência, e, nas suas, posso ver essa característica muito bem explícita.

Muito bom!

Bruno disse...

Ahaha, uma vez tentei escrever bêbado e ficou indecifravél! Fica bebado deixa muitas coisas muito piores, mas te digo uma coisa, se te faz perder a essência, nunca mais beba! Você é muito bom!
Abraço!

blurred disse...

parabens!! cada vez melhor
sempre q tenho tempo, venho aqui ler te mais um pouco, é adorável :) *

Favoretto, Thais. disse...

suas palavras sempre me causam sensações de primavera.

tem uma coisinha no meu blogger para você, rapaz. beeijos. ;**

isabelle dias ~ disse...

Mundo utópico?
é, ele é sim...

Eu que agradeço pela visita, voltarei sempre sim.
Gostei de tudo por aqui!
pequenas palavras certeiras essas...

Beijinho :*