quinta-feira, 24 de julho de 2008

Atormentado

A tortura
de ontem
foi ser
o que hoje
ainda
não sei.


Ígor Andrade

____________________________________________________________________

4 comentários:

Patrícia Lage disse...

O tempo, este santo remédio.

Meu beijo.

Déa Paulino disse...

Definir precisamente o que se é, eis um problema sem solução.
Um beijo!

Sininho disse...

E a tortura de hoje será saber que amanhã o inevitável passará a rotina incontrolável!

Normal que uma pessoa enlouqueça
=D

Um carinho*

psique disse...

A tortura de ontem tem sempre repercussões no amanhã, na medida em que o passado afecta o presente.

Gostei :)