segunda-feira, 21 de março de 2011

Se você já se formou não leia

Foto de formatura
me causa nostalgia.

Sorrisos-amarelos
forçados
a beca brega
e toda maquiagem pesada.
Tudo isso me causa nostalgia.

O povo passa anos estudando
passa anos não aprendendo
e passa o tempo
e esse povo não passa.

Ganha-se um diploma
(atestado de bom pagador)
que com o tempo envelhece.

Compra-se um anel de formatura
sem saber quantas crianças morreram
pelo ouro e por cada pedrinha brilhante.

Foto de formatura
me causa nostalgia.

Fazer faculdade
não mede capacidade
é verdade
e tanta gente é mentira...

Tudo parece obrigação demais pra mim.

Eu nasci livre
e não me prendo
neste tipo de coisa.

Foto de formatura
é um momento artificial demais.
(A beleza da foto está no acaso!)

Toda pompa deste tipo de cena
é o ego e a vaidade gritando alto
para compensar o que não se aprendeu
sobre a vida.

Foto de formatura
me causa nostalgia.

Basicamente não gosto
nem de foto
nem de ninguém
ou algo
que me diga o que fui
ou o que sou
capaz de fazer.

Deve ser isso.



Ígor Andrade

_________________________________________________________________

10 comentários:

Juliana Mingorancia disse...

Já me formei. E li, reli e ri.

Devo concordar que a "beca" é brega. Eu vi muitas maquiagens pesadas se desfazendo pela face daqueles que choravam. Eu chorei. Não comprei o anel de formatura, e não aprendi muito, também.

A melhor faculdade é a faculdade da vida, aquela que você aprende sozinho, sem precisar de provas para avaliar suas habilidades. Cada um é professor de si mesmo, cada um que se ensina, que se corrige e que se dá uma nota. A única diferença, é que na faculdade da vida a gente não se forma tão rápido e muito menos usa "beca". E o diploma que recebemos não é aquele que envelhece, e sim aquele que estará cravado em nossa sepultura, mostrando que talvez, essa faculdade chegou ao fim, ou não. Ninguém sabe quando será reprovado, não é mesmo?!

"A vida também reprova os que não aprendem."

.Um pontinho de luz em sua vida.

Keylla Bins disse...

Igor, você esteve na minha formatura? rsrs..você definiu perfeitamente com letras, as fotos da minha formação universitária..no auto verão de dezembro/06 além da beca ser brega, havia uma intensidade de calores que valei-me Deus...

AdOreI!!!

Saudações Poéticas.

Marcelino disse...

Gosto de fotos e de poesias; e, quando é possível casar os dois, tudo fica melhor. Veja este caso: você retira do que seria menos provável (a artificialidade da foto de formatura) um momento de lirismo digno de nota. Parabéns, poeta.

Danilo MM disse...

Fui de tênis e não fui a festa.

Fernando Luiz disse...

Meu caro amigo Igor. É com muita satisfação que venho emitir minhas saudações poéticas a vossa senhoria. Suas obras fariam orgulho ao nosso grande expoente e amigo Edfranck, o perigoso... rsrsrsrs

Brincadeiras a parte, gosto muito dos seus textos. Em especial, gostei muito de um onde você expõe um drama vivido por um personagem muito querido seu... Que parece ser o seu irmão sofrendo com uma separação... Não saberia dizer se você usou a figura do irmão como alegoria ou realidade, mas isso pouco importa... O que importa é o sentimento que você passou no texto e realmente eu achei uma preciosidade os dois textos que você escreveu sobre o acontecido...

Independente de ser irmão, pai, tio ou filho, o fato de dispormos sempre um ombro amigo e uma lágrima para chorar junto é o que nos faz seres humanos dignos... E o congratulo por ser o fiel escudeiro de seu irmão neste delicado momento...

Um grande abraço

Fernando Luiz, vulgo Tamagoshi... (ehehehehhe)

Ígor Andrade disse...

Pelo menos você riu, Juliana. Que bom! rs

"A vida reprova qualquer um, basta estar vivo."

Toda luz em sua vida, minha amiga.

Abraço!

Ígor Andrade disse...

Keylla, não estive na sua formatura, mas posso imaginar como foi. rs

Abraços!

Ígor Andrade disse...

Marcelino,você é meu herói! rs

Ígor Andrade disse...

Danilo, seus comentários são sempre confusos! rs

Ígor Andrade disse...

Meu amigo Fernando (Tamagoshi), o Edfranck sempre será o maior ídolo de todo o mundo. rs

Cara, o texto foi pro meu irmão mesmo, você acertou. A vida às vezes nos derruba, mas nos levantamos com a ajuda dos parceiros. Meu irmão é meu melhor amigo, e meu maior parceiro. Uma das poucas referências vivas que tenho. Não sei o que seria da minha vida sem esse cara. Por ele mato e morro, pode apostar!

Eu, outro dia estava me inspirando no seu blog. Você é um poeta tradicional admirável.

Precisamos combinar um "merol" para a filosofia "comer de esmola". Mas vou logo avisando: Só vou se o Edfranck estiver por lá. rs

Abraço, meu amigo!