sábado, 3 de maio de 2008

Quando se desconhece
que não se vive sozinho
é cavado um buraco
no início
do caminho.


Caí.


Mas levanto
para cair outra vez.



Ígor Andrade

_______________________________________________________

4 comentários:

Ju disse...

é a queda que nos eleva! vital, profunda, humana e necessária.
beijos, moço poeta!

Van disse...

Que bom poder ser Fênix!

Juliana Caribé disse...

O importante é seguir em frente... Sempre...

Beijos.

Si disse...

Cai, levanta. Cai, levanta.
Sempre!
A vida é um ciclo sem fim.