terça-feira, 27 de maio de 2008

Do som

O que seria da vida sem trilha sonora?
O silêncio sem a mudez, é chato.
Deve-se viver uma música por hora.
Mover-se a cada ritmo, de fato.


Ígor Andrade

_________________________________________________________________

4 comentários:

Juliana Caribé disse...

Eu não sei o que seria de mim sem música... Acho que eu pararia de funcionar.. =)

Beijos.

Cel França disse...

Ah Igor,eu já tava com saudade de passar por aqui,mas é bom,pq descobri a algum tempo que saudade também é coisa boa,e é bom também que te leio de punhado =]
a trilha sonora da vda da gente é das coisas mais engraçadas que conheço,a minha às vezes arranha o disco e repete a música infinitas vezes...
bom estar de volta,bom voltar aqui.
Ler-te é sempre lindo e tão rápido ^^
abraço!
brigada pelo carinho!

Van disse...

Suspeitíssima pra falar sobre isso.
Já que sempre vivi e vivo de música.
Nada do que eu sou foi feito sem música.
Cada pedaço do meu corpo, da minha alma é feito de sons.

Beijuca

mundo azul disse...

...sem música...Não seria nada bom!
Gostei do poema, meu amigo...
Beijos e muita luz!