sexta-feira, 11 de abril de 2008

Insistência

De tanto insistir
aperfeiçôo as quedas
e me deixo cair.


Ígor Andrade

_______________________________________________________

6 comentários:

Domingos disse...

Muito interessante o seu blog.

Abraços!!

http://www.ramsessecxxi.blogger.com.br/

Bianca Feijó disse...

Estava rindo muito do seu último post.Adorei!

Não, não falou demais não...rsrsrs...

E, concordo com vc, têm pessoas que falam demais e nada dizem...

Vc é curto até nos seus textos, o que acho legal, porque, confesso, quando me deparo com aqueles textos enormes dou meia volta.

Mas uma coisa é notável, há muita intensidade.

Marcel Proust?!! Nossa, li há quinze dias o livro dele...a história de vida dele é fascinante.

Bom, agora eu me empolguei por aqui..rsrs.

B.E.I.J.O.S

Camilla Andrade Fernandes disse...

Nascer é uma alegria que dói. Remédio bom tem gosto ruim. Pra eletrizar é preciso muito atrito. Pensar é bom, mas nem sempre achamos a solução para o momento e isso faz cansar. Todo corpo tende ao repouso, mas a gente sempre se levanta, porque a vida nos obriga a sermos diariamente INSISTENTES....e so os fortes sobrevivem as quedas diárias...porque permitem o aprendizado....permitem o crescimento da alma...e ações são remodeladas.
Quanto aos fracos; só lamento, pois sobrevivem à base da inércia, e nem sequer sabem o significado da palavra MATURIDADE.Acho q por isso q insistência, rima com abrangência...rss..
Amo demais vc.

Nanda Nascimento disse...

..aperfeiçoar as quedas sem se revoltar é a alma do negócio!

Ótimo final de semana!!

Beijos e flores!!

Si disse...

Lindo, lindo, lindo!!

Van disse...

Cair....
Cair até que não haja mais chão onde terminar.
Cair....

Muito bom, Igor!
Você sabe ser pouco, mas infinito!
Muito bom mesmo.

Beijucas