quarta-feira, 5 de agosto de 2009

"Sol i dão"

Penso ser um eu consciente
que para cada vazio existe uma dor
pensar é coisa de gente carente
eu estou cheio de poemas de amor.



Ígor Andrade

_____________________________________________________________________

3 comentários:

glória disse...

amei essa visão do "i" tão sozinho.

bj

S.L. disse...

A perfeição parou aqui.
Enxergo-me, assim.

Meu beijo.

Deise Anne disse...

Aprender fazer da solidão companhia é uma opção. Ela é uma fonte riquissimas de poemas de amor.