quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Do movimento

Minha vida
precisa de expansão
expressão
algo mais que só ver
muito menos que contração.

Preciso muito ler
o que a vida me escreve
sem culpa
sem medo
sem desespero.
Agora eu espero.

Esta vida
é outra vida
que me inventa
e me atenta.

O que mais me orienta
é a pulsação.

Vida
eu também a invento
neste caminhar lento
distração.



Ígor Andrade

___________________________________________________________________

Um comentário:

Fabio Rocha disse...

Também busco isso aí...

Abração