segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Tratado sem tratamento


Primeiro você tenta entender o dia.
Depois tenta entender a saudade.
Aí descobre a dona da saudade.
(Porque toda saudade tem dona.)
E você se perde.

Eis o sentido da vida:
Sentir falta.
Encontrar-se em cada desejo.
Lembrar de abraçar o beijo
imaginário.
Morar no outro
sem sombra
e com sobra.

A beleza pára
quando você tenta entender o dia
sem o seu amor.


Ígor Andrade

__________________________________________________________________________

Um comentário:

Andressa disse...

Felizmente o "sentido da vida" não é imutável. "Sentir falta" não é uma constante, muda com o dia, com a ocasião...