quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Só por hoje e agora


Hoje está tudo diferente.
O dia que sabe de mim.
Esqueço quem sou por um minuto
e o tempo não tem fim.

A caminhada continua.
Ninguém na frente de ninguém.
Peguei o trem para outro mundo.
Outro mudo que não escuta.
A vida é uma permuta de silêncios.

Não quero saber
de quem não quer saber
do que sei.

Nunca esquecerei do que não fui.

Hoje bem cedo acordei
com uma certeza
e nenhuma dúvida:
preciso de algo mais.

Tudo faz.
Tanto faz.

Eu quero aquela bruxa
que era meu sonho de consumo
da minha adolescência.


Ígor Andrade

____________________________________________________________________________

Nenhum comentário: