domingo, 9 de novembro de 2014

Psiquismos de gaveta


Procuro alguém
neste domingo
que não me entenda
que não me venda
a longo prazo.

Dia lindo.
Sujeito raso.

O mundo é feito de solidão.

("Sol i dão")


Favor nunca esquecer dos dias quentes.
E não deixe de lembrar do frio da alma.

Sou só.
E tenho calma
na minha cama.
Sou o pó
da poesia.
E cada verso me ama
como antigamente.

E de repente
o pouco que eu sabia
faço questão de desaprender.

Toda vida vai crescer
longe de mim.

Procuro alguém neste domingo.
Procuro alguém?
Encontro eu?


Ígor Andrade

____________________________________________________________________________

Nenhum comentário: