terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Fênix do Nordeste


O que é mito?
O que é monstro?
O que eu mostro?
O que eu minto?


Ígor Andrade

________________________________________________________________________________

Um comentário:

Marcelino disse...

Além do conteúdo do texto, a poesia nos guarda surpresas boas, inclusive um material pra uma aula de Fonologia: a oposição entre vogais orais: mi, mos; e nasais: min, mons. Ou seja, foi suficiente nasalizar as vogais i e u para mudar a semântica das palavras. Belo jogo poético, poeta.