sábado, 18 de janeiro de 2014

Devoto do falcão peregrino


Para cada pássaro.
Para cada asa.
Para cada vôo.
Um pouco de mim
aqui
sem ar.


Ígor Andrade

________________________________________________________________________________

Nenhum comentário: